x
Design é fundamental para alavancar sua empresa e os seus negócios • Agência ABID
59639
post-template-default,single,single-post,postid-59639,single-format-standard,qode-core-1.2,ajax_fade,page_not_loaded,,pitch | shared by themes24x7.com-ver-1.2, vertical_menu_with_scroll,smooth_scroll,grid_1300,blog_installed,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive,"> <!-- Google Tag Manager (noscript) --><br style="display:none;

Design é fundamental para alavancar sua empresa e os seus negócios

Nos dias de hoje, é difícil entender como o papel do design na construção de uma marca é colocado em questionamento por alguns gestores.Ter um bom produto ou um serviço de atendimento superior já não são suficientes para se destacar. A tecnologia reduziu as barreiras e com isso, provocou uma nova era de competição.

 

A cada dia, fica mais difícil de inovar ou ser pioneiro. Por mais que você consiga ter uma boa ideia, logo a concorrência aparece com algo similar, ou até mesmo melhor. Por exemplo, é difícil reconhecer utilidades exclusivas entre duas canetas, sapatos, celulares ou fogões por exemplo. São produtos que geralmente se diferenciam pelo preço, pelo visual ou pela embalagem. E é nesse ponto que entra o DESIGN.

 

Detalhes como a usabilidade e a experiência do usuário ao navegar em um e-commerce fazem com que ele se sinta seguro em finalizar uma compra. Ou então, na hora de escolher entre dois tênis para academia com valores similares, é bem provável que o fator decisivo seja a cor, o formato ou o desenho da sola.

 

O design agrega valores reais ao seu produto, como praticidade, conforto, qualidade, estética, durabilidade ou segurança. Ao transformar esses conceitos em algo visual e palpáveis, podemos mudar o posicionamento de uma marca na mente do consumidor.

 

O design pode influenciar em todos os processos da sua empresa, desde a concepção de um produto até a sua apresentação no mercado. A embalagem, o logo, a arquitetura do escritório, as cores das paredes, todos esses detalhes são fundamentais para transmitir os valores e conceitos da sua marca.

 

Aumente suas vendas

Segundo uma reportagem do UOL (https://economia.uol.com.br/empreendedorismo/noticias/redacao/2013/11/25/troca-de-embalagem-eleva-em-ate-257-as-vendas-lembre-mudanca-de-produtos.htm), uma empresa conseguiu aumentar suas vendas em até 257%, mudando apenas sua marca e as embalagens de seus produtos.

 

Um levantamento da Confederação Nacional das Indústrias – CNI (http://www.portaldaindustria.com.br/cni/) mostrou que 75% das empresas que investiram em design, tiveram um aumentos expressivos em suas vendas e que 41% delas dessas empresas conseguiram até mesmo uma redução de custos.

 

O Design influencia no seu ROI

De acordo com John Maeda, a solução é tornar-se uma empresa que valoriza o design.

“As principais empresas valorizam o design. As outras que não estão dispostas a investir em design, porque acham que ele não pode ser medido ou vinculados ao ROI, ficarão atrasadas. A maneira de fazer negócio como de costume já não é suficiente. As indústrias maduras que se concentraram em mais, melhor e mais rápido agora precisam ajustar seus pensamentos para incluir o design como um diferenciador de valor chave.”

 

A embalagem altera a percepção do seu produto

Você já percebeu o quanto os chefs se esforçam para fazer uma boa apresentação de seus pratos? Por quê? Isso pode ser respondido com aquela antiga frase: “A gente come com os olhos”.

 

No livro, Blink, Malcolm Gladwell determinou que pequenas mudanças em algumas embalagens mudaram a forma como as pessoas reagiram e provaram os produtos. Veja esse exemplo bem curioso. Ao adicionar 15% a mais de amarelo no verde na embalagem do refrigerante 7 UP, fez com que as pessoas relatassem mais sabor de limão, mesmo sem ter feito nenhuma mudança em sua fórmula.

 

Cause uma boa primeira impressão

No corredor de um supermercado, em uma loja on-line ou folheando uma revista, você encontra centenas e milhares de marcas e produtos, todos competindo para chamar a sua atenção e convencê-lo a comprar o que estão vendendo. Qual é a melhor maneira de fazer uma boa primeira impressão? Isso mesmo, o bom e velho design.

 

Estudos demonstraram que o apelo visual pode ser avaliado em cerca de 50 milissegundos.

Pense no design como um aperto de mão entre duas pessoas. Se olham nos olhos, dizem “Olá”, apertam firme… Podemos tomar decisões instantâneas e impressões sobre outras pessoas neste pequeno espaço de tempo. Isto é exatamente o que o design tenta fazer.

 

Saber quais as principais informações você deseja comunicar ao seu consumidor quando colocam os olhos no seu produto ou no seu site parece uma tarefa pesada, mas é definitivamente possível com um bom planejamento e profissionalismo no processo do design.

 

Nunca mais diga “É difícil de explicar” em uma reunião de vendas

Para as empresas que falam de conceitos, idéias, números e dados, explicar o que você quer dizer pode ser complicado, e trabalhar um pouco de design em sua apresentação pode ajudar o seu cliente a visualizar tudo de forma lógica e visual.

 

As pessoas entendem muito melhor os conceitos quando são visuais. Então, por mais que você entenda o conceito que você está discutindo, é sempre bem vindo o auxílio visual. Então, em vez de dizer “Bem, deixe-me explicar …”, considere trabalhar seu design e em vez disso, diga “Olhe isso!”. Além de economizar tempo, você melhora sua aparência profissional.

 

Design é uma ótima decisão para seus negócios!

O bom design oferece uma vantagem competitiva, impulsiona os resultados de marketing e permite que você se destaque. Se você está interessado em encontrar maneiras fáceis de implementar o design em seu local de trabalho, entre em contato com a gente.

 

Design é um investimento e não um gasto! Leia outras matéria sobre design. =)

Junior Vieira Sobre o Autor

Adepto do Design não só pelo visual, sou um fã das sacadas que geram soluções inteligentes. Estudei Design Industrial e de Mídias Digitais. Também me arrisco na cozinha e acumulo algumas séries e filmes. Casado, pai de uma princesa e apaixonado pelo que faço.

Comentários