x
A Verdade Sobre o Dia dos Namorados
59625
post-template-default,single,single-post,postid-59625,single-format-standard,qode-core-1.2,ajax_fade,page_not_loaded,,pitch | shared by themes24x7.com-ver-1.2, vertical_menu_with_scroll,smooth_scroll,grid_1300,blog_installed,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive,"> <!-- Google Tag Manager (noscript) --><br style="display:none;

A Verdade Sobre o Dia dos Namorados

Se você pesquisar sobre a origem do dia dos namorados verá que, principalmente no hemisfério norte, se refere a uma data comemorativa em homenagem a São Valentim, um bispo que foi condenado a morte após lutar contra as ordens do imperador Cláudio II, que havia proibido o casamento durante as guerras, acreditando que os solteiros eram melhores combatentes. O dia da comemoração é 14 de fevereiro, data da morte do bispo.

 

Mas então, de onde surgiu a comemoração no dia 12 de Junho?

 

O dia de São Valentim não pegou aqui no Brasil. Não se sabe ao certo como o dia 12 de junho foi consolidado como o Dia dos Namorados, mas temos algumas evidências de como essa data “migrou’’ para o mês de junho.

 

Algumas fontes indicam que a data foi criada por João Dória (papai do nosso atual prefeito de São Paulo). Dória era um publicitário que comandava a agência Standart Propaganda, incumbida de aquecer as vendas da rede de lojas Exposição Clipper (hoje extinta) durante o mês de junho, um período de vendas muito fraco.

 

Para isso, Dória supostamente criou, em 1948, uma nova data para celebração do Dia dos Namorados. O comércio de São Paulo então deslocou a comemoração norte-americana de fevereiro para a véspera do Dia de Santo Antonio, dia 13 de junho, conhecido como o Santo Casamenteiro.

 

A campanha da Standart, adotou os slogans “Não é só com beijos que se prova o amor!” e “Não se esqueçam: amor com amor se paga” e foi julgada a melhor do ano pela Associação Paulista de Propaganda.

 

A data demorou algum tempo para se firmar. No ano seguinte, a Sears, a Marcel Modas e a Casa Aloe aderiram à campanha, mas sem bons resultados. Porém, em 1951 a propaganda cresceu de forma consistente, ganhou São Paulo e conforme o passar dos anos, todo o Brasil, assumindo a posição de comemoração tradicional em todo o país.

 

A verdade sobre o Dia dos Namorados é que a data criada foi pelo comércio paulista, com o objetivo de incentivar a troca de presentes entre os casais. Uma revelação nada romântica para esse dia dos namorados, rs.

 

Entretanto, não é por isso que vamos deixar de celebrar esse dia com nossos parceiros e demonstrar todo nosso amor, com ou sem comemoração especial.

 

E verdade seja dita: a sacada do cara foi genial! Além do mais, todo mundo gosta de um motivo pra ganhar um presentinho 😉

 

Feliz Dia dos Namorados, rapaziada!

 

Giovanna Lopes Sobre o Autor

Social Media na ABID, graduada em Publicidade e Propaganda pela Metodista. Comunicativa, sociável, tagarela e sincera que dói. Apaixonada pela natureza e por bichíneos. Grande apreciadora de comida boa, livros, séries e litrão barato.

Comentários